SERVIÇO MILITAR:

 

 

Recenseamento militar:

Na sequência da implementação da Medida 148 do Programa Simplex o recenseamento militar a partir de 2009 é automático, pelo que em Janeiro do ano em que completem 18 anos os cidadãos portugueses não precisam de se deslocar aos postos consulares para esse efeito, mantendo-se, no entanto, os demais deveres militares.

 

 

Prestação de serviço militar:

Em tempo de paz o serviço militar baseia-se no voluntariado, pelo que os cidadãos portugueses poderão servir na Forças Armadas de acordo com as seguintes formas de prestação de serviço efectivo: quadros permanentes, regime de contrato e de voluntariado:

 

  • Quadros Permanentes: O serviço efectivo nos quadros permanentes corresponde à prestação de serviço pelos cidadãos que, tendo ingressado voluntariamente na carreira militar, se encontrem vinculados às Forças Armadas com carácter de permanência.

  • Regime de Contrato (RC): O serviço efectivo em regime de contrato corresponde à prestação de serviço militar voluntário por um período mínimo de dois e máximo de seis anos, com  vista à satisfação das necessidades das Forças Armadas ou ao seu eventual ingresso nos quadros permanentes.

  • Regime de Voluntariado (RV): O serviço efectivo em regime de voluntariado corresponde à prestação de serviço militar voluntário por um período de 12 meses. Constitui a expressão do direito de defesa da Pátria e assenta na adesão voluntária a um vínculo às Forças Armadas com vista à satisfação das suas necessidades.

 

 

 

Dever de comparência ao Dia da Defesa Nacional:

Os cidadãos portugueses por nascimento ou por atribuição, de ambos os sexos,  que residem legalmente no estrangeiro com carácter permanente e contínuo, no mínimo há seis meses, contados da data fixada da sua convocação para o cumprimento do Dia da Defesa Nacional, e desde que tenham associada ao seu Cartão do Cidadão ( CC ) uma morada de residência no estrangeiro há mais de 6 meses, encontram-se automaticamente dispensados  da comparência ao Dia da Defesa Nacional, não sendo necessário requerer a emissão de qualquer certificado para o pedido de dispensa .

Caso contrário, a dispensa ao Dia da Defesa Nacional é solicitada, até 30 dias antes da data para a qual o jovem foi convocado, através de requerimento dirigido ao Director-Geral de Pessoal e Recrutamento Militar, acompanhado do certificado de residência para fins militares emitido gratuitamente pelo posto consular da sua área de residência, da qual conste a data a partir da qual passou a residir no estrangeiro. 

 

Atenção: Se ainda não tiver Inscrição Consular neste Vice-consulado terá de a promover junto com o pedido de certificado de residência para fins militares. Veja aqui o que precisa para a  Inscrição Consular. 

 

Assim, deverá

1º - Verificar para que dia foi convocado - ver aqui (procure na sequência pelo local de nascimento).

Os cidadãos em situação militar irregular são sujeitos à aplicação de coima que varia entre € 249,40 e € 1.247,00, além de ficarem impossibilitados do exercício de função pública enquanto durar tal situação. Caso seu nome não conste dos editais, deverá contactar a Direcção-Geral de Pessoal e Recrutamento Militar.

 

2º - Solicitar a este Vice-Consulado (caso resida no Estado do Rio grande do Sul), o seu certificado de residência para fins militares.

Documentos:

Bilhete de Identidade/Cartão do Cidadão ou passaporte português válido (se fizer o pedido por correio enviar só cópias);

Comprovante de residência no Estado do Grande do Sul ( apresentar os 3 ( três ) últimos comprovantes, que poderá ser contas de água, luz, telefone, internet residêncial ou tv a cabo, que deverá ser, obrigatoriamente em nome do(a) interessado(a) ou do( a ) cônjuge. Não aceitamos comprovantes em nome de outras pessoas ou declarações/atestado de outras pessoas.

Como pedir: O pedido pode ser efectuado pessoalmente ao Balcão do Vice-Consulado, durante o horário de expediente , ou

3º - Depois de receber o certificado , preencher o pedido de dispensa de comparência ao Dia da Defesa Naciona (obter minuta aqui) e enviá-lo, acompanhado de toda a documentação referida em 2º e o certificado, para:

 

Direção-Geral de Pessoal e Recrutamento Militar

Avenida Ilha da Madeira, nº. 1, 4º.
1400-204, Lisboa, Portugal

 

Para ter mais informações acerca deste assunto, contate diretamente a Direção-Geral de Pessoal e Recrutamento Militar através do endereço eletrônico ddn@defesa.pt ou consulte os sites abaixo indicados:

https://bud.gov.pt/ddn/

Exército Português

Força Aérea Portuguesa

Marinha Portuguesa

Ministério da Defesa Nacional